Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os nós e os laços

por Paula Antunes, em 12.06.10

 

 


Dá-me um abraço que seja forte
E me conforte a cada canto
Não digas nada que o nada é tanto
E eu não me importo
Dá-me um abraço fica por perto
Neste aperto tão pouco espaço
Não quero mais nada, só o silêncio
Do teu abraço

Já me perdi sem rumo certo
Já me venci pelo cansaço
E estando longe, estive tão perto
Do teu abraço

Dá-me um abraço que me desperte
E me aperte sem me apertar
Que eu já estou perto (abre os teus olhos)
Abre os teus braços... Quando eu chegar
É nesse abraço que eu descanso
Esse espaço que me sossega
E quando possas dá-me outro abraço
Só um não chega

Já me perdi sem rumo certo
Já me venci pelo cansaço
E estando longe, estive tão perto
Do teu abraço

E estando longe, estive tão perto
Do teu abraço

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 17:36


3 comentários

De Pita Mimada a 13.06.2010 às 18:38

Um abraço recheado de carinho está à tua espera...*

De Paula Antunes a 15.06.2010 às 12:53

Isso foi querido. Olha, já agora, traz-me salmonetes daí de baixo, pode ser? ;)

De Eu a 15.06.2010 às 21:22

Pfff é por isso que queres estar comigo para te trazer peixe? lol Se queres vem cá buscar ora!

Comentar post



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog