Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Prosas e questões

por Paula Antunes, em 21.05.04
Bom, e parece que nas últimas semanas andei naquilo que se chama "expressão poética" :-D . Como acho que já chega, antes que comece a falar em rimas no emprego, decidi escrever a entrada de hoje em pura prosa...

E que entrada hoje... Pouco "politicamente correcta", mas paciência...

Estou farta e farta de pensar mas não chego a conclusão nenhuma. Porque razão ando eu a ter uma estranha ligação com mulheres (supostamente) heterosexuais?

Não, não há a possibilidade de estar a ser confundida com um exemplar do sexo masculino. Aliás, posso mesmo afirmar que estou a passar pela fase de maior expressão externa da minha feminilidade desde que me lembro de ser eu, e por isto mesmo ainda mais confusa fico. Por isto mesmo.

Já sei que não chegarei a conclusão nenhuma, mas aqui fica o meu "Pedaço de Alma" de hoje...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 02:57


2 comentários

De Scorpio_Angel a 29.05.2004 às 03:12

Hiiiiiii Sei lá... É extraordinário como aquilo que mais aprecio na natureza feminina (a sua complexidade) é também aquilo que mais destabiliza....

De Lesbienne a 23.05.2004 às 04:03

lol!! mas dá para entender uma mulher?!?! mesmno com fórmulas matemáticas!??! :)

Comentar post



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog