Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Campos Magnéticos – II

por Paula Antunes, em 06.08.05

 

Esta foi tirada com a webcam.

 

Além do copyright não tem tratamento digital.

 

Admito que é uma das minhas favoritas....

 

 

Eu e o Mar - SA.jpg
 

Não escolho outro Norte
Que aquele que o coração dita
Não conheço outra sorte
Não conheço outra vida
 
Não me leves contigo
Para onde não me quero perder
E não me deixes sem destino
 
Mas mostra-me tudo,
Absolutamente tudo,
Até o que nunca quis conhecer...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 00:20


4 comentários

De Scorpio_Angel a 07.08.2005 às 23:54

Glug...*blush* - Amo-te muito...

De Mallika a 07.08.2005 às 21:49

Eu pessoalmente descobri que ha coisas, que eu pensava não querer conhecer ou até nem sonhava serem possíveis, que me aconteceram e me fazem muito feliz, outras nem tanto, preferia não ter passado por elas, mas agora que passei tento tirar o melhor que posso delas. São apenas más experiencias, não um drama.

De qualquer forma, o que eu queria mesmo dizer aqui é: -Tú és o melhor que me podia ter acontecido na vida, minha Tudo. Omar-Te tanto.
Já to disse pessoalmente mas quero que fique resgistado. O poema é lindo, a fotografia também.

De Scorpio_Angel a 06.08.2005 às 14:33


Nunca tiveste coisas que "nunca quiseste conhecer", talvez com medo de te perderes, ou talvez por achares que não te interessavam e descobrires que estavas errada? ;)

De Tangas a 06.08.2005 às 08:55

só não concordo com a parte do 'até o que nunca quis conhecer', que me soa a chatice da grossa :)

Comentar post



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog