Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Brochura "Sermos Nós Própri@s" - rede ex aequo

por Paula Antunes, em 25.01.06
A rede ex aequo acaba de anunciar a publicação online da versão final da brochura "Sermos Nós Própri@s - Brochura informativa da rede ex aequo para jovens lésbicas, gays, bisexuais, transgéneros ou com dúvidas" editada em Dezembro de 2005.

Esta brochura inclui adicionalmente um capítulo exclusivamente dedicado aos pais e familiares. Nela é possível encontrar o mais variado tipo de informações sobre questões de orientação sexual e de identidade de género, assim como testemunhos reais de jovens e familiares.

Para sua consulta basta ir até http://www.ex-aequo.web.pt/brochura.html.

A rede ex aequo encontra-se disponível para enviar cópias dos 5.000 exemplares em versão papel para entidades que desejem torná-la disponível, bastando contactar-nos para o email rede@ex-aequo.web.pt.

Este foi um projecto apoiado por: Instituto Português da Juventude, Alert Fund for Youth Activities e Alto Comissariado para a Saúde - Ministério da Saúde.


Divulguem esta iniciativa!!

Fonte: Rede Ex Aequo

--- // ---

Nota - A brochura está mesmo excelente. Poderão fazer o download da Versão Integral (24 MB) ou de capítulos individuais:

1. Introdução (1 MB)
2. Aceitar-se a si próprio/a (3 MB)
3. Será que sou gay? (3 MB)
4. Será que sou lésbica? (4 MB)
5. A bissexualidade (2 MB)
6. O transgenderismo (4 MB)
7. Coming Out (5 MB)
8. Pais - Reacções e Perguntas (2 MB)
9. SIDA (3 MB)
10. A rede ex aequo (2 MB)

Página da Brochura

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 18:08


2 comentários

De Scorpio_Angel a 26.01.2006 às 01:31

Vale sim... e tanto, tanto! :)

De LemonTea a 25.01.2006 às 20:17

Vale a pena!

Comentar post



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog