Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Super ou Anjo? 6 características...

por Paula Antunes, em 21.03.06
Aiiiii, já sei!
Passou um mês e pensei: “Pronto, já não passa de hoje, tenho que revelar tudo e o mais rapidamente possível.”

Eu explico:
Andam por aí a dizer que estão a fazer um dossier sobre a minha esposa e eu não podia contribuir assim deliberadamente para o aumento de páginas do mesmo, esperava que os ânimos acalmassem mas tanto quanto eu sei o dito cujo ainda está “activo”.

Não há nada a fazer, eu rendo-me, deito para fora o que sei sobre a capacidade da “minha vida” me fazer derreter.

Sim, ela tem poderes especiais, tem um olhar que derrete. Para já ainda não está nos “X-Woman” mas anda a trabalhar na sua candidatura de super-heroína a tempo inteiro.

Outra característica dos seus super-poderes reside em ter um coração com uma capacidade fora do normal, tem um coração enorme, onde eu faço questão de me encaixar, tem um isolamento térmico muito bom!

Posso também dizer que tem uma força extraordinária, qual Hulk, qual Super-Homem, nenhum deles é capaz de transmitir essa força para quem os rodeia, como ela o faz.

Tem um super-poder muito invulgar, o dom de fazer os outros sentirem-se únicos.

Está-se sempre a aprender com ela, e acreditem, isso é um Super-Hiper-Poder, os meus ex-professores confirmarão isso se necessário, sou das pessoas mais “aluadas” que existe.

É carinhosa e meiga, tem um ombro que me fez ter a certeza que existe o paraíso, se isso não é coisa de super-herói eu não sei o que é… talvez Anjo.

E mais não digo, pelas mesmas razões enumeradas pelo “meu Anjo”, é uma lista sem fim e não quero entrar em pormenores “picantes”, porque aí descobriam todos os seus super poderes e seria dar uma arma ao “Dr. Destino”.



P.S. Soa tudo a muito pouco o que eu escrevi, mas sempre é uma tentativa de fazer passar parte do que ela é para mim e o quanto eu admiro a mulher que vou querer ao meu lado o resto da vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 15:40


14 comentários

De Scorpio_Angel a 28.03.2006 às 17:15

IsabelLimão: Não é que eu não sinta muito do mesmo em relação à Mallika, mas tu reparaste bem na assinatura que está no fim do post? ;-) :-D

De algum a 25.03.2006 às 09:49

Isso, eu também sou a favor de irmos comer francesinhas.

De isabelimao a 24.03.2006 às 21:02

Hum... Scorpio, gostaria de voltar a sentir tudo aquilo q referiste sb a tua esposa! Um dia destes voltará a acontecer, eu sei q sim ...

Bjs

PS-> Então andam a comer francesas , quer dizer francesinhas ehehe, e ñ dizem nada!!

De Scorpio_Angel a 24.03.2006 às 18:37

Eu não sei se é do português, se é das portugues[inhas]... *devil smile* ;)

De Mallika a 24.03.2006 às 14:27

Xanocas - A culpa é do Português, tão e somente do português. lol ;-)

De xanocas a 23.03.2006 às 23:16

O Português é, realmente, uma língua muito traiçoeira, não é?... Ou será que somos apenas nós, que temos a capacidade extraordinária, de dar "aquele" segundo dignificado a tudo? :-)

Beijos

De Mallika a 23.03.2006 às 21:58

hiiiiiii, enganei-me querida... glup!

De Scorpio_Angel a 23.03.2006 às 16:33

Que história é essa de andarem a falar de comer "francesas-inhas" nos comentários de um post de Amor dedicado a mim? Heim? Heim??

Ai as meninas.... *LOL*

De LemonTea a 23.03.2006 às 14:30

Ai Mallika, essa boca marota! :lol:

Pois temos sim que combinar mais uma francesada!

De Mallika a 22.03.2006 às 19:07

-sara - carago! LOL é bom saber que temos uma "guarda-costas" tão empenhada. -xanocas - Escorpiões então já somos 3 contando contigo. Obrigado pelo elogio e é bom ser-se coração mole :-)
-Lemon Tea- espero que tu e a tua chocolover estejam bem, bjs para vcs também. E maí nada!!! lol Só mais uma coisa, quando e que vamos outra vez comer "francesas-inhas" ups.. fugiu-me as teclas para a verdade! ;-)

Comentar post


Pág. 1/2



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog