Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Road to the Oscars: Argo

por Paula Antunes, em 20.01.13



Antes de mais deixem-me afirmar o seguinte: Argo é um bom filme. Ponto.

Mas Argo é sobretudo um filme de hollywood. Uma realização competente que não falha o alvo mas que nunca se revela verdadeiramente genial, boas interpretações, um argumento pensado para a academia, com equilíbrio entre a parte histórica (não necessariamente imparcial e correcta, mas os americanos quase nunca o são) e a parte de acção, um 'herói' real que nunca assume verdadeiramente esse papel e a sobriedade até no suspense.

É bom, mas não magnifico. O desenvolvimento da história é óbvio, o mesmo suspense que é sóbrio acaba forçado, o fim é previsível (mesmo para quem não conhece os factos). É, como já disse, um filme de Hollywood para consumo hollywoodesco.

Provavelmente esta é uma critica com que nem tod@s concordarão, especialmente depois de atribuídos os Globos de Ouro, mas Argo não é o meu filme do ano. Nem sequer está no Top 3. Vale um 8 pelo esforço e por aquele inicio que acaba por se revelar a melhor parte de todo o filme. Mas dia 24 não é este o nome que quero ouvir para o prémio principal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 17:08



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog