Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Para começar o dia a rir

por Paula Antunes, em 24.11.11

 

Um autarca peruano e a água que torna os homens gay

 

Água

A água pode provocar a homossexualidade masculina? O presidente da câmara da cidade peruana de Huarmey acredita que sim, tudo por causa dos elevados níveis de estrôncio que teme que possam chegar às torneiras locais com um novo sistema de abastecimento. 


«O estrôncio reduz as hormonas masculinas e rapidamente estaremos como Tabalosos e outras cidades, onde a percentagem de homossexuais está a crescer», disse José Benítez, na apresentação do projecto de abastecimento, segundo cita o jornal espanhol «ABC». 

O autarca referia-se à cidade de onde provém a água para Huarmey, Tabalosos, que foi alvo de uma reportagem televisiva há uma década, que atribuía à água a responsabilidade do aparecimento de 14 mil homossexuais entre a população.

A resposta a este receio foi dado pelo presidente do Colégio de Farmacêuticos de Lima, que desmentiu estes argumentos. O responsável disse que o estrôncio pode provocar cancro, anemia ou problemas cardiovasculares, mas não a alteração da tendência sexual dos homens.

Esta não é a primeira vez que um governante sul-americano alerta para o «perigo» do que se ingere ser responsável pela homossexualidade. No ano passado, Evo Morales, presidente da Bolívia, disse que comer franco poderá ter o mesmo efeito nos homens, tal como contribuir para a calvície masculina. 

 

tvi24  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 12:51


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog