Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lobo Mau Gay

por Paula Antunes, em 03.05.11

 

D. Jorge Ortiga,  ex-presidente da CEP:
 

As "baixíssimas" taxas de natalidade que se registam em Portugal são o reflexo dos casamentos gay ou a facilitação do divórcio.

  

 

Obviamente que sim. E o aquecimento global também é um esquema do malvado lobby gay, vulgo lobo mau.

 

Há pessoas e instituições tão defasadas da realidade que não vêem (ou não querem ver) que as  baixas taxas de natalidade que se registam em Portugal estão directamente relacionadas com a escravatura dum capitalismo que, de tão agressivo, pariu o monstro do consumismo desenfreado. As pessoas estão esgotadas economicamente, sem poder de compra, em trabalhos precários, inseguras sobre o futuro que terão para si e para os seus. Isto é de uma clareza básica.

 

Aproveitar esta situação para cumprir a vil agenda de atacar as pessoas lgbt, e tentar fazer delas bodes expiatórios dos problemas económicos e sociais do país, é uma atitude de má fé absolutamente vergonhosa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 11:04


2 comentários

De Filha de SafO a 03.05.2011 às 11:46

Paula, Paula....  já devias estar habituada a este tipo de "desculpas esfarrapadas".
Mas esse tipo de argumentos só pega em país com uma taxa de ignorância elevada ou com mentalidade acomodada, porque quem tem 2 dedos de testa, chega a verdadeira razão sem grande esforça.
Abraço

De Paula Antunes a 03.05.2011 às 12:27

Eu nunca me consigo realmente "habituar". A homofobia faz-me ferver o sangue. ;)

Sabes o que é que me chateia realmente? Há uma larga % da população homofóbica que o é simplesmente por falta de conhecimento, ignorância. Quando uma instituição como a ICAR promove essa mentalidade medieval em vez de contribuir para o esclarecimento da população, está a ser (aos meus olhos) co-responsável pela discriminação, pelos crimes de ódio. 

É precisamente o contrário do que o cristianismo defende. E isso ofende-me enquanto bissexual, cristã e cidadã.

Comentar post



My Way: "Two roads diverged in a wood, and I, I took the one less traveled by. And that has made all the difference"

Paula Antunes


Paula Antunes

"Não estamos a legislar para gentes remotas e estranhas. Estamos a ampliar as oportunidades de felicidade dos nossos vizinhos, dos nossos colegas de trabalho, dos nossos amigos e das nossas famílias e, ao mesmo tempo, estamos a construir um país mais decente. Porque uma sociedade decente é aquela que não humilha os seus membros"

Zapatero


Caleidoscópio LGBT


Pesquisar

Pesquisar no Blog